• Tudo que você precisa saber para iniciar com segurança

Pensou em empreender no segmento contábil?

Esse é o sonho de muitos contadores, sejam recém-formados ou já com experiência no mercado. E a boa notícia é que os serviços de assessoria contábil são essenciais para a gestão das empresas de todos os segmentos, sejam pequenas, médias ou grandes.

Para se alcançar o sucesso desejado e empreender com segurança , relacionamos aqui  7 dicas importantes para te ajudar a abrir seu escritório. Veja a seguir.

  1. Por onde começar?    

  • Comece Planejando:

Planejar é sem dúvida nenhuma, fator preponderante para garantir fluidez no desenvolvimento de qualquer projeto.  Para tanto é necessário a elaboração de um plano de negócios, levando em conta e definindo claramente:

  • Serviços prestados
  • Público alvo – será segmentado ou generalista?
  • Diferenciais do escritório – presencial, virtual ou ambos?
  • Viabilidade do negócio – estudo de mercado
  • Equipe necessária – recursos humanos
  • Investimento necessário.
  • Endereço.

Um bom planejamento traz clareza, objetividade e torna o processo mais assertivo. Dúvidas sempre surgirão, mas até mesmo para buscar respostas, o Plano de Negócios é ferramenta indispensável e o SEBRAE disponibiliza guia de como executar um bom plano.

 

  1. Cuidar da burocracia

  • Quais as principais providências burocráticas para abrir um escritório contábil?

Hora de providenciar toda a documentação Legal para que tudo funcione de forma regular. Vale ressaltar a necessidade de buscar se atualizar junto aos órgãos competentes com relação às obrigações .

  • Registro do responsável pela Empresa no CRC (Conselho Regional de Contabilidade).
  • Registro do Escritório junto ao CRC.
  • Registros sindicais.
  • CNPJ, com registro Na Junta Comercial e Secretaria de Fazenda.
  • Certificação Digital.
  • Após definido o endereço da Empresa, buscar alvarás e licenciamentos junto aos órgãos competentes.

 

  1. Escolha do Endereço

Pode parecer irrelevante, mas não é. Onde sua empresa vai funcionar é fator importante. Seja qual for o formato de atendimento escolhido, in-company ou totalmente virtual, ainda assim pense em longo prazo. Busque local de fácil acesso, tanto ao seu público, mas também para a equipe de trabalho. Pense em estar próximo a centros comerciais, fácil estacionamento, transporte público acessível e se possível próximo a cartórios, Secretarias e Junta Comercial. Isso otimiza muito o tempo nas operações.

 

  1. Estrutura

A montagem da estrutura física da sua empresa está diretamente ligada ao seu plano de negócios, pois, nele você definirá seu publico alvo, se será ou não segmentado e qual o tamanho da sua equipe e carteira de clientes. Dessa forma, abaixo o que deverá levar em conta:

  • Tamanho da equipe, para saber o espaço físico em metros quadrados necessários, considerando o número de mesas e também os banheiros para atender.
  • Recepção e sala de reunião, principalmente se optar por sistema de baias na maior parte do escritório.
  • Sala de armazenamento de documentação, mesmo que a maior parte seja digitalizado.
  • Refrigeração, segurança e acessibilidade do local.
  • Copa
  • Equipamentos eletrônicos, computadores, impressoras, internet, mobiliário (mesas, cadeiras, armários).
  • Sistemas /informatização,  que podem a gestão de folha de pagamento, a gestão tributária e fiscal, o controle de patrimônio, etc
  • Segurança da estrutura: alarmes, apólice de seguro.

 

  1. A Equipe

Eis aqui uma etapa de suma importância, pois, não adianta tudo bem estruturado, com espaço adequado, toda documentação correta, tecnologia de ponta se não tiver um time de profissionais capazes e bem afinados. Os recursos humanos de qualquer empresa constitui o verdadeiro patrimônio intelectual que fará tudo funcionar, portanto, saber escolher é fundamental.

Sabe o que é importante considerar ? Vamos lá:

  • O tamanho do negócio para saber o tamanho necessário da equipe, considerando todas os serviços e Importante setorizar os processos: administrativo, técnico, operacional, etc.
  • Procure um número confortável, onde não se onera desnecessariamente a empresa mas também não sobrecarregue nenhum profissional.
  • Defina quais tipos de serviços serão prestados e se algum deles será terceirizado. Nesse caso, também cuide de buscar um bom profissional prestador de serviços para não comprometer a qualidade da entrega aos seus clientes.
  • Comece devagar, mais realista e a medida que a empresa for crescendo aumente a equipe segundo demandas.

  1. Padronize os processos e tarefas

Criar uma metodologia de trabalho para para otimizar os processos é imprescindível para garantir a excelência dos serviços prestados e a organização do escritório.

Crie rotinas claras, bem definidas, padronizadas, gerando um manual de procedimentos, de forma que todos os profissionais tenham um guia e a cada crescimento da equipe facilite o prosseguimento do padrão.

Nesse manual de procedimentos defina  rotinas, procedimentos, prazos, metas,  focando sempre na qualidade dos serviços. Dessa forma a gestão  de cada etapa acontece de forma simples e fluída.

 

E agora, a 7a dica, de extrema importância:

 

  1. Comunicação

É fundamental  buscar uma boa e eficiente estratégia de marketing.

Seu negócio precisa ser divulgado para que seus clientes o encontrem. Seguindo os códigos de ética profissional exigidos pela categoria e aconselho que faça pesquisas relacionadas à legislação.

, é preciso se colocar no mercado de forma competitiva. Afinal, quem não é visto não é conhecido e muito menos lembrado, não é mesmo? Por esse motivo, busque profissionais capacitados para programar as ações de marketing necessárias para a construção e consolidação de sua marca bem como sua presença nas mídias online e off-line, conforme o planejamento.

Comentários