Você conhece a categoria de profissional liberal? Ao contrário dos trabalhadores autônomos, essa classe precisa ter conhecimentos específicos e ir além do que se espera.

Muitas profissões podem atuar como um profissional liberal, e por isso, entender todas as possibilidades de trabalho e como se desenvolver de maneira correta, podem te ajudar a trabalhar de maneira eficaz.

Afinal, além de conseguir construir uma produtividade maior, os rendimentos financeiros podem se tornar muito mais atrativos. 

Pensando nisso, a Facilite preparou este conteúdo com todas as principais informações sobre profissional liberal, respondendo perguntas como que é, qual a sua importância, as áreas de atuação e como ser um.

O que é um profissional liberal?

O profissional liberal é um indivíduo que realiza alguma função a partir de um nível técnico ou universitário. 

Deste modo, as atividades liberais costumam ser especializadas e, às vezes, contam com uma legislação que regulamenta a atividade, tendo deveres e regras a serem respeitadas.

Como as atividades têm um regulamento, a fiscalização delas são feitas por meio de Conselhos Profissionais, como a Ordem dos Advogados do Brasil, o Conselho Regional de Medicina, o Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária e o Conselho Regional de Contabilidade.

Os estatutos da Confederação Nacional das Profissões Liberais (CNPL), em seu artigo 1º, parágrafo único, define o profissional liberal como “aquele legalmente habilitado a prestação de serviços de natureza técnico-científica de cunho profissional com a liberdade de execução.

Este ato, lhe assegura os princípios normativos de sua profissão, independentemente de vínculo da prestação de serviço”.

Sendo assim, algo que facilita bastante a identificação do profissional liberal é a necessidade de algum tipo de registro para exercer a atividade. 

Por exemplo, só pode advogar o profissional que está devidamente registrado na OAB, caso contrário ele está permanentemente proibido.

Além disso, vale mencionar que o trabalhador autônomo não é a mesma coisa que profissional liberal. Elas são categorias distintas e não há necessidade de um Conselho vistoriar a atividade de um profissional autônomo.

Por outro lado, os serviços especializados têm um maior grau de importância já que o não funcionamento pode ocasionar em riscos para a sociedade.

 

Qual a importância do profissional liberal?

O profissional liberal é um dos principais responsáveis por democratizar o acesso aos serviços especializados.

Anos antes, pouquíssimas empresas podiam contar com serviços de assessoria contábil ou jurídica. Entretanto, nos dias de hoje as pessoas prestam serviços de uma forma mais acessível e dão acesso aos mais variados tipos de conteúdo.

Falando especialmente sobre o segmento da contabilidade, as empresas se viam perdidas ante as atividades que envolvem o dia a dia financeiro das empresas antigamente.

Desde serviços como que envolvessem a emissão de Notas Fiscais, perícias contábeis, despachos internacionais, enquadramento tributários, entre outras tantas atividades.

Graças aos contadores, trabalhar como profissional liberal é uma forma muito mais interessante e popular, já que além de prestar os serviços, você poderá estar respaldado da lei.

Quais suas principais profissões de atuação?

A Confederação Nacional das Profissões Liberais lista 56 profissões ao todo. No entanto, algumas profissões se destacam mais por conta da sua presença no mercado.

Entre as principais profissões liberais estão:

  • Administradores;
  • Advogados;
  • Arquitetos;
  • Contabilistas;
  • Contadores;
  • Dentistas;
  • Economistas;
  • Enfermeiros;
  • Engenheiros;
  • Escritores;
  • Fisioterapeutas;
  • Fotógrafos;
  • Jornalistas;
  • Médicos;
  • Nutricionistas;
  • Professores;
  • Psicólogos;
  • Publicitários;
  • Veterinários.

Como se transformar em um profissional liberal?

Para se transformar em um profissional liberal você precisa ir atrás de conhecimentos e especializações específicas.

É comum conhecer profissionais autônomos que trabalhavam em categoriais ainda não liberais, como pintores e eletricistas, que fizeram uma graduação e hoje vivem como profissionais liberais.

A partir desse conhecimento específico, é possível ser um profissional liberal de três jeitos:

 

  • Através da CLT

 

Um profissional liberal pode ser contratado como CLT e assim exercer seus conhecimentos específicos na empresa. No entanto, ainda assim o profissional deve respeitar a regulamentação dos Conselhos Profissionais.

Essa é um dos jeitos mais procurados pelos profissionais por assegurar direitos trabalhistas e comodidade no recolhimento dos impostos.

 

  • Serviços pontuais

 

Outra forma que um profissional liberal tem para atuar é realizando serviços pontuais. Essa forma garante mais flexibilidade só que não garante rendimentos fixos ou direitos trabalhistas.

Em relação às obrigações tributárias, uma vez que você presta serviço para empresas, os impostos são pagos pela própria contratante. Caso o serviço seja prestado para pessoas físicas, o recolhimento é feito através do programa Carnê-Leão.

 

  • Como Pessoa Jurídica

 

Por fim, o profissional liberal também pode decidir por abrir uma empresa, uma das melhores soluções já que permite direitos trabalhistas e uma flexibilidade extra com relação aos horários.

Geralmente, as profissões liberais não são classificadas como microempreendedor individual e por isso precisa procurar por outros tipos de empresas. 

De acordo com o tamanho da abertura, o profissional escolhe por Microempresa ou ainda a Empresa de Pequeno Porte.

No entanto, a melhor escolha para abertura requer uma avaliação com contadores experientes e por isso não deixe de falar com um dos especialistas da Facilite!

O que é necessário para se transformar em um profissional liberal

A única coisa que você precisa para trabalhar melhor nesta área, é sempre buscar por um conhecimento específico, seja por meio de um curso técnico ou uma graduação.

Por este motivo, não deixe de ir atrás dos seus objetivos, como se tornar um advogado, jornalista, médico ou ainda contador.

Isso porque quando você se formar, há a possibilidade de ser um profissional liberal e atuar a partir das três alternativas já listadas.

Em todo caso, entre em contato com a  Facilite para tirar todas as suas dúvidas de como se tornar um profissional liberal de sucesso. 

Comentários