Apesar do aumento significativo dos ataques cibernéticos, principalmente após a pandemia, muitas empresas ainda não adotam medidas para garantir a segurança digital de dados.

Com o aumento da modalidade home office, muitos empregados passaram a acessar sistemas corporativos de suas casas e isso abriu brechas para o ataque de hackers, principalmente a empresas do setor elétrico no Brasil e no exterior.

Portanto, adotar medidas que previnam os ataques de hackers e softwares maliciosos, é essencial para impedir que dados sejam vazados.

Agora, se você quer entender mais sobre a importância da segurança digital de dados para a sua empresa, continue lendo esse conteúdo que a Facilite preparou para você.

O que é a segurança digital?

Fazer compras online ou realizar transações bancárias são ações comuns nos dias atuais.

Contudo, elas podem facilitar a ação de hackers e a ocorrência de crimes cibernéticos (que utilizam computadores ou redes de conexão).

Uma pessoa pode ter seus dados pessoais vazados e seus cartões de créditos clonados ao fazer uma compra online, seja por falhas de segurança na sua conexão ou do site que está acessando.

Dessa forma, a segurança digital de dados é um termo que se refere às medidas utilizadas para proteger os dados de uma empresa no ambiente virtual, principalmente diante de ataques de hackers e malwares (aplicativos invasores).

Ela envolve, praticamente, toda a proteção de arquivos, sites, perfis nas redes sociais, bem como de servidores e dispositivos de armazenamento.

Portanto, as medidas de segurança digital protegem informações e impedem que elas sejam perdidas ou invadidas por pessoas não relacionadas à organização.

 

Qual a importância da segurança digital?

A implantação da segurança digital de dados é essencial para preservar os dados de uma empresa, de seus colaboradores e clientes. 

Além disso, diante de ataques, ela ainda garante que:

  • Informações confidenciais sejam preservadas;
  • Exista consistência nos dados durante a realização de processos; e
  • Documentos possam ser consultados a qualquer momento, sem interferências externas.

No Brasil, entre fevereiro e abril deste ano, os ataques direcionados a ferramentas de acesso remoto aumentaram 333%. Muitos deles, inclusive, resultaram em crimes de extorsão e vazamento de dados.

Além disso, uma empresa que se preocupa com a segurança digital dos dados cumpre a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), criada em 2018 e em vigor desde agosto deste ano.

Seu objetivo é regular o uso dos dados pessoais e, assim, garantir a  liberdade e privacidade dos cidadãos.

 

Quais são as principais ameaças à segurança digital de dados?

Os hackers geralmente usam softwares para invadir sistemas e computadores com o intuito de roubar e vazar dados.

Dessa forma, para adotar medidas de segurança digital de dados efetivas é importante conhecer os principais tipos de ameaças que uma empresa pode sofrer no ambiente digital.

Scan

Consiste em uma invasão que analisa outros computadores de uma rede para identificar possíveis alvos para ataques.

Worm

Apesar de não causar danos ao computador, esse software tem a capacidade de transferir rapidamente informações pela internet ou para outra máquina.

Trojans

Conhecido como cavalo de troia, é um software que se disfarça como um verdadeiro e consegue alterar e excluir informações, além de atacar outros computadores e até espionar.

Backdoor

Ele abre brechas para que um computador seja acessado por hackers e consiga acessar dados confidenciais e modificar informações. É difícil excluir um backdoor manualmente.

Phishing

São mensagens fraudulentas que coletam informações dos usuários que clicam nelas. 

Os phishing são construídos para imitar uma mensagem real e, por isso, acabam confundindo as pessoas.

Ataques DDoS

Consiste no ataque a sites e servidores por “computadores zumbis” que acarreta na queda do serviço.

Spyware

Geralmente presente em botões de download, esse software vigia o comportamento e ações de uma pessoa ou empresa na internet.

Ransomware

Esse software bloqueia dados e sequestra os arquivos do computador. Dessa forma, hackers conseguem extorquir pessoas pedindo um valor para a liberação desses dados.

 

Como fortalecer a sua segurança digital de dados?

O uso de antivírus e anti-malwares atualizados é essencial, mas não são as únicas formas para garantir a segurança digital de dados de uma empresa.

Veja a seguir cinco medidas que podem proteger e impedir invasões.

1. Utilize sistemas de nuvem

Evite usar pen drives ou disco de armazenamento externo para compartilhar arquivos. 

Eles podem conter vírus e infectar outros computadores.

Neste caso, dê preferência para utilizar sistemas de nuvem, pois eles possuem níveis de segurança altos. 

Além disso, será preciso permissão para acessar as informações.

2. Utilize senhas fortes

Senhas simples são mais vulneráveis a ataques. 

Portanto, na hora de criá-las para sites, e-mails e redes sociais, utilize senhas que combinem letras maiúsculas e minúsculas, números e caracteres especiais.

Além disso, não utilize a mesma senha para todos os sites e/ou e-mails. Se um desses serviços for invadido, pode comprometer todos os outros.

3. Cuidado ao abrir e-mails

Ignore os e-mails de remetentes que você não conhece, principalmente se ele pedir que você clique em um link ou abrir arquivos.

Muitas vezes eles estão com Phishing e isso pode afetar todo o seu sistema.

4. Utilize conexões seguras

Outra forma de reduzir o risco de um ataque durante o acesso à internet, é utilizando conexões seguras, protegidas por HTTPS, e confiáveis, como residenciais e móveis.

Não realize transações online ou acesse plataformas de bancos em conexões wi-fi que você não conhece.

5. Adote políticas de segurança digital de dados

Incentive a adoção de políticas que protejam os dados da empresa, por meio de palestras, cursos e a criação de um guia de práticas de acesso da internet.

Ele será determinante para que os colaboradores da empresa entendam a importância de tomar determinados cuidados ao acessar à internet e softwares.

O guia ainda deve conter contato de especialistas, além de orientações para minimizar os efeitos negativos da invasão, como:

  • Verificação de backups;
  • Monitoramento de antivírus e firewall;
  • Entre outros

 

Quando vale a pena implementar a segurança digital? 

Independente se é uma empresa ou pessoa física, todos estão sujeitos a sofrerem ataques e terem seus dados vazados no ambiente virtual. 

Portanto, a implementação de medidas de segurança digital de dados é essencial em todos os momentos de uma empresa.

Se você está fazendo o site de seu negócio agora, invista em bons antivírus e firewall para garantir que seus dados estejam sempre protegidos.

Comentários